quarta-feira, 3 de agosto de 2011

"E mesmo quando não queria lembrar, lembrava. E doía. E mesmo quando tentava evitar, chorava. Porque temia. Era muito medo e muita insegurança para pouca calma no coração."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Críticas construtivas, please ;)